Proibido o uso de celular no trabalho.

Proibido o uso de celular no trabalho.

O uso em excesso do telefone celular no ambiente de trabalho pode, além de prejudicar as atividades, ocasionar uma demissão por justa causa.

Para causar o desligamento e a perda de direitos do funcionário, a prática deve ser recorrente.

O empregador pode estipular graduações de penalidade. Se inicia com uma advertência verbal. Depois, na próxima reincidência, uma advertência escrita. Depois, uma suspenção e pode gerar até uma justa causa por insubordinação e indisciplina.

O artigo 482 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). O decreto prega que os atos de “indisciplina” ou “insubordinação” podem se caracterizar como atitudes que constituem no desligamento do funcionário por justa causa.

Deve existir sempre um bom senso do empregador na hora de tomar a decisão.

Para garantir a demissão por justa causa, é necessário existir uma normativa interna para conscientizar o funcionário da proibição de usar o celular no ambiente de trabalho. Um acordo de compromisso pode ser assumido no momento da contratação ou ao longo da relação de trabalho.

Proibido o uso de celular no trabalho.