Condômino proprietário por contrato particular

Condômino proprietário por contrato particular pode participar de assembleia e comissão.

Foi realizada uma assembleia extraordinária na qual compareceu uma pessoa que adquiriu através de um contrato particular de compra e venda uma unidade e no cadastro de condomínio foi mantido o nome do condômino que alienou e por ter se dado em caráter particular e somente constou aos cuidados do adquirente.

CONDÔMINO PROPRIETÁRIO POR CONTRATO PARTICULAR PODE PARTICIPAR DE ASSEMBLEIA E DE COMISSÃO DO CONDOMÍNIO?

O adquirente participou da assembleia assinando a lista de presenças e ainda, se propôs a fazer parte de uma comissão.

Após a assembleia, foi levantada a questão de que não tendo a escritura definitiva, não poderia o mesmo participar da assembleia e muito menos de uma comissão.

Pergunta: Se ocorreu a alienação, o promitente comprador apresentou o documento no qual provou haver adquirido, foi imitido da posse, a cobrança é endereçada ao mesmo através de boletos mensais, está impedido de participar da assembleia?

Em caso positivo, poderá a mesa da nova assembleia citar que uma vez não sendo o titular no RGI não poderia se apresentar como condômino e da AGE participar, revogando assim o que ocorrera na AGE anterior?

Diário das Leis Responde: O promitente comprador não poderá ficar impedido de participar de assembleias, nos termos do art. 1.334, § 2º do Código Civil, que diz que são equiparados aos proprietários, salvo disposição em contrário, os promitentes compradores e os cessionários.

Fonte: BDI nº 2/2017

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...